Search in This Blog

Translate

Friday, December 6, 2013

Praça no centro da capital da Albânia é ponto de partida, Square in the center of the Albanian capital is the starting point

Passeio na região leva a 'Oscar Freire', fechada para líderes do PC até 1991
Comunicação em inglês ou italiano é fácil com profissionais que trabalham na área de turismo
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, NA ALBÂNIA
Igrejas ortodoxas e mesquitas estão lado a lado no centro de Tirana, capital da Albânia. A Ópera, o Museu Histórico Nacional, parques e prédios do governo também dividem o espaço nas ruas da região, cheias de bicicleta.
Uma sugestão de passeio começa pela praça Skanderbeg, que leva o nome do herói nacional do século 15.
Ali perto, está a rua (que em albanês é "rruga") Deshmoret e 4 Shkurtit, via com lojas mais sofisticadas -espécie de Oscar Freire albanesa- que era uma zona de acesso restrito à cúpula do Partido Comunista até 1991, quando, com o fim do regime, foi aberta. Hoje, estão lá lojas da Apple (que se chama Molla; "maçã", em albanês), Puma e outras marcas internacionais.
Voltando à praça Skanderbeg, visite o Museu de História Nacional, o maior do país. Com um tour pelo local é possível entender o passado do país, lendo sobre a Segunda Guerra Mundial e o movimento de resistência albanês.
A menos de 500 metros do museu está a mesquita mais antiga da cidade, a Et'hem Bey, construída em 1823.
Seguindo pelo pelo bulevar Dëshmorët e Kombit, o turista perceberá que existe uma lanchonete similar ao Mc Donald's: a rede Kolonat, que diz vender fast food mediterrâneo. Serve de espaguete a... sanduíche e batata frita.
À noite, o centro continua sendo a melhor opção. Animados, os albaneses lotam os cafés, bares e restaurantes após o expediente.
Os restaurantes, aliás, são outro ponto alto de Tirana. É possível deliciar-se com refeições à base de cordeiro por preços módicos -ainda mais se comparados a São Paulo- nas melhores casas da capital, como a Era (era.al) e a Juvenilja, na praça Itália.
Peça qualquer um dos pratos típicos albaneses, como o "tave dheu" (refogado de carne com molho de iogurte), servidos apenas no país. Prepare-se para uma overdose de queijo -seja feta ou ricota, os albaneses o comem em todas as refeições.
Em restaurantes da capital, uma porção de "qofte zgare" (espécie de quibe comprido, bastante popular nos Bálcãs) custa em torno de 400 novos lekes (cerca de R$ 8). Uma porção de carneiro assado com batatas, 800 novos lekes (R$ 16). Um prato de frutos do mar, 700 novos lekes (R$ 14).
Os preços em todo o país são convidativos, não só para comidas. O ingresso para o Museu Histórico Nacional custa 200 novos lekes (R$ 4). Já os espetáculos na Ópera têm ingressos em torno de 1.000 novos lekes (R$ 20).
NA NATUREZA
Tirana é cortada por dois rios, o Tirana e o Lana, e cercada de montanhas, das quais o monte Dajti merece uma visita.
Pode-se subir a montanha de teleférico (700 novos lekes por pessoa, ida e volta;dajtiekspres.com) e ter uma vista panorâmica da cidade, assim como das montanhas, dos lagos e da área rural que a cerca. No alto do monte Dajti, há hotel, restaurantes, cafés e parque infantil. É programa para uma tarde inteira.
O Luna Park é outro passeio imperdível na Albânia. Além de restaurantes e cafés, possui uma área de trilhas.
Castelos e fortalezas também devem ser vistos pelo turista que visita o país. Em Tirana, há, por exemplo, o castelo de Petrela -a construção atual é do século 15.
Perguntado sobre o que recomenda em Tirana, cidade onde morou por seis anos, o jornalista e escritor brasileiro Bernardo Joffily, que viveu na Albânia (leia mais na pagina F9), responde: "Em Tirana, recomendo caminhar pelas ruelas velhas. E também um passeio pelo cemitério dos Mártires, onde estão combatentes do nazismo e onde há uma bela vista". Fica na rruga Dr Shefqet Ndroqi.
'BURRA'
Quem fala inglês ou italiano não costuma passar por dificuldade ao se comunicar em Tirana ou cidades mais conhecidas, como Girokastra. Os albaneses que trabalham na área do turismo falam as duas línguas.
Em vilarejos, porém, os problemas podem aparecer com interlocutores mais velhos -procure os jovens.
Mas, informação útil em qualquer parte da cidade (ou do país): para achar o banheiro masculino, procure pela palavra "burra" (homens). O feminino é "gra" (mulheres).
Para bom dia, diga "mirëdita", e para obrigado(a), diga "falemnderit" (com o mesmo erre carregado) e sorrisos se abrirão. (PALOMA VARÓN)

Hike in the region leads to ' Oscar Freire ' , closed to the CP leaders until 1991

Communication in English or Italian is easy with professionals working in tourism

COLLABORATION FOR THE LEAF IN ALBANIA
Orthodox churches and mosques stand side by side in the center of Tirana , the Albanian capital . The Opera , the National Historical Museum , parks and government buildings also share space on the streets of the region , full of bike.

A suggested tour starts by Skanderbeg Square , named after the national hero of the 15th century .

Nearby, is the street (which in Albanian is " Rruga " ) and 4 Deshmoret Shkurtit via more sophisticated - kind shops Oscar Freire Albanian - it was a restricted area to the summit of the Communist Party until 1991, when , with the end of the regime , was opened . Today , there are Apple stores ( called Molla , " apple " in Albanian ) from , Puma and other international brands .

Returning to the Skanderbeg Square , visit the National History Museum , the largest in the country . With a tour of the place it is possible to understand the country's past , reading about World War II and the movement of Albanian resistance.

Less than 500 meters from the museum is the oldest mosque in the city, Et'hem Bey , built in 1823 .

Followed by the boulevard and Deshmoret Kombit , tourists will notice that there is a snack similar to Mc Donald's : Kolonat the network that says sell fast food Mediterranean. Serve the spaghetti ... sandwich and fries.

At night , the center remains the best option. Cartoon , Albanian crowd the cafes , bars and restaurants after hours .

Restaurants , incidentally, are another highlight of Tirana . You can indulge in meals based on lamb prices by even more affordable compared to São Paulo on the best houses in the capital , as was ( era.al ) and Juvenilja in Italy square.

Ask any of the typical Albanian dishes like " tave dheu " ( braised beef with yogurt sauce ) , served only in the country . Prepare yourself for an overdose of cheese - feta or ricotta is , Albanians eat it at every meal .

Restaurants in the capital , a portion of " qofte zgare " ( kind of long kebab , quite popular in the Balkans ) costs around 400 new lekes (about £ 8) . A portion of roast lamb with potatoes , 800 new lekes ( £ 16) . A dish of seafood , 700 new lekes ( £ 14) .

Prices across the country are inviting not only for food . Admission to the National History Museum costs 200 new lekes ( £ 4) . Have the shows at the Opera tickets are around 1,000 new lekes ( £ 20) .

IN NATURE

Tirana is crossed by two rivers, the Tirana and Lana , and surrounded by mountains , of which Mount Dajti worth a visit .

You can climb the mountain by cable car ( new lekes 700 per person , roundtrip ; dajtiekspres.com ) and have a panoramic view of the city as well as the mountains , the lakes and the rural area surrounding it . Atop Mount Dajti , no hotel , restaurants , cafes and playground . It's program for an entire afternoon .

Luna Park is another tourist attraction in Albania . In addition to restaurants and cafes , an area trails .

Castles and forts should also be seen by tourists visiting the country . In Tirana there are , for example , Castle Petrela to current construction is from the 15th century .

Asked what he recommends in Tirana , the city where he lived for six years, the Brazilian journalist and writer Bernardo Joffily , who lived in Albania ( read more on page F9 ) , responds . " In Tirana , recommend walking through the old streets and also a walking through the cemetery of the Martyrs , where combatants are of Nazism and where there is a beautiful view . " Stay on Rruga Dr Shefqet Ndroqi .

' BURRA '

Who speaks English or Italian does not usually go through difficulties when communicating in Tirana or more known cities like Girokastra . Albanians working in tourism speak both languages ​​.

In villages , however, problems can appear to look older - young interlocutors .

But useful information anywhere in the city ( or country ) to find the men's room , look for the word " stupid " ( men ) . The female is "big " ( women ) .

Good day to say " mirëdita " , and thanks to ( a) , say " falemnderit " ( with the same err loaded) and pants were open. ( PALOMA Varon )
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/turismo/139881-praca-no-centro-da-capital-da-albania-e-ponto-de-partida.shtml

No comments:

Post a Comment